Terça-feira, 17 de Abril de 2012

Licença parental

Foi aprovada em 2009, durante o reinado do Sócrates, a Lei 7/2009 relativa à revisão ao Código do Trabalho.

Com esta Lei a licença passou a ser paga a 100% para os casais onde a mãe gozasse 120 dias e o pai mais 30 (150 dias no total), ou 83% no caso de a mãe gozar 150 e o pai mais 30 (180 dias no total).

Para além disso, o pai ficou, literalmente, obrigado a gozar 10 dias no primeiro mês de vida do seu filho(a), 5 logo após o nascimento e os outros 5 durante o primeiro mês.

Passou a ter direito também a 10 dias durante a licença da mãe, mas estes são facultativos.

 

De acordo com o DN, “Um quarto dos 120 mil casais que pediram licença de paternidade nos últimos dois anos optaram pela partilha: a mãe fica em casa nos primeiros cinco meses e o pai o sexto. O número disparou depois da lei mudar em 2009”.

Eu preferia ver a noticia pelo outro prisma: 75% dos homens que foram pais, não usufruíram da licença parental a que têm direito!

 

Seja por opção, seja por pressão no emprego, para mim é desapontante que consigamos ter na lei este beneficio (até mesmo com este governo híper liberal PSD/PP a conseguimos manter…) e depois a maioria não o utilize.

E não, não se trata de preguiça de ir trabalhar, ou férias… é mesmo para estar com o nosso(a) filho(a)!

Recebi no mês passado, como resposta a um email meu que enviei a um colega na Suécia, um “out of the office” que diz o seguinte: “I’m currently on Paternity leave and will be back 2012-09-01. During my absence please contact …”.

Ele vai estar 6 meses em casa em licença parental!

Os suecos são um dos países do norte da Europa que se junta à Alemanha, Finlândia e outros que dizem que os Europeus do Sul (PT, ES, IT e GR) são preguiçosos! No entanto têm este tipo de licenças!

E não são mal vistos no trabalho, tal como acontece em Portugal, não só pelos chefes mas também pelos colegas… e aqui incluo não só colegas/chefes homens como também mulheres…

 

Dito isto…

  • SIM usufruí dos 10 dias obrigatórios…
  • SIM usufruí dos 10 dias facultativos…
  • e SIM vou usufruir de 30 dias de licença após os 150 que a Sandra está a gozar agora.

 

Que se lixem os Invejosos!

 

O Pai Babado.

publicado por sandra_bruno às 16:08
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.mais sobre mim

.Junho 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.posts recentes

. Licença parental

.arquivos

. Junho 2014

. Maio 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds